sábado, 24 de julho de 2010

Fênix de alma




O renascer que faz todas percepções novas neste horizonte branco,
Virgem esperando pelas pinceladas precisas de arte continua até que finde a lua,
E nós no preciso momento de novidade revelada de nós mesmos,perfeita imagem do que somos, e o que fomos entenderemos como se estende o lençol branco no universo, e clareia toda rua.

E a Fênix continua a voar...

Thiago Mendes

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Graça, inumana Graça.




Silencia-se a voz nervosamente desconfiada da oração,
inicia-se a oração profundamente sincera do coração.


E a confiança ligeiramente alegre envolve as emoções,
e a graça de amigos completamente perdoados silencia as acusações.


Tomado pela força completamente inumana do perdão,
Aquele que assim se sente inumanamente foi alcançado pela salvação.


Amem.

Thiago Mendes